Seguidores

quarta-feira, 13 de maio de 2015

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SEMPRE CUIDOU DE MIM.


No dia 28 de abril de 1978, 6 dias após meu casamento, à meia noite em ponto, de uma sexta feira, em uma viagem de Campo Grande (MS) à São José do Rio Preto (SP), meu carro raspa no para-choques de um caminhão,  bate no seu pneu traseiro e sai capotando para dentro de uma pastagem. Lembro-me perfeitamente rolando no ar ao lado do veículo. Imediatamente após, sentindo tudo escuro, com forte cheiro de gasolina e ouvindo o seu barulho escorrendo, vou saindo de debaixo do carro e vejo a esposa em cima do capô gritando por socorro. Nenhum dos dois teve problemas graves. APÓS ESSA PASSAGEM PASSEI A NÃO ACREDITAR EM MORTE OU QUE EU DEVERIA ESTAR EM OUTRA DIMENSÃO... Isso foi apenas um dos milagres acometidos pela minha vida terrena...

Eu era muito cético, apesar de sempre me considerar espiritualizado, a toxidade dos números conduziu-me para as exatas (onde obtive até o GRAU DE MESTRE em assuntos de números), essa toxidade fez que eu acreditasse que para tudo haveria uma explicação lógica e científica. Hoje mais maduro, na idade e no espírito, olho para trás e percebo muitas coisas que seriam inexplicáveis pela ciência... E só consegui uma explicação lógica: Nasci no coração de Nossa Senhora de Fátima que sempre CUIDOU DE MIM...






Um comentário:

Pierre da Gama disse...

A treze de maio
Na cova da Iria
No céu aparece
A Virgem Maria